$type=grid$count=4$meta=0$snip=0$rm=0$hide=label$hide=post

Médica cubana: “Vai ficar saudade. Não somos máquinas nem escravos. Somos humanos”

COMPARTILHAR:

Médicos cubanos começaram a deixar o Brasil nesta quinta-feira VALTER CAMPANATO

Faz apenas um ano que a médica cubana Maylobis Torres Ferreira, de 31 anos, deixou o seu país para cumprir uma missão humanitária de três anos na cidade de Avaré, a 263 quilômetros de São Paulo. "Tinha muita vontade de conhecer o Brasil, e a missão foi a minha oportunidade", conta. Com a quebra do acordo pelo qual Cuba exportava médicos especialistas em saúde da família para integrar o programa Mais Médicos, Maylobis lamenta ter que deixar os amigos brasileiros e a comunidade que a acolheu na cidade paulista, mas celebra o fato de que, em breve, reencontrará a família que ficou na ilha.

Na última quinta-feira, parte dos 8.331 médicos cubanos do programa começaram a deixar o país. Maylobis não recebeu o bilhete para nenhum dos voos programados para partir. Ela ainda espera um e-mail de Cuba com a informação de sua data de retorno, mas o prazo máximo é o dia 12 de dezembro, segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), intermediária na cooperação entre os dois países. O que Maylobis sabe é que não haverá muito tempo para encerrar os contratos firmados de aluguel e demais pendências de sua estadia. Por isso, já acertou a devolução do apartamento onde morava com a imobiliária, encerrou as contas de água e luz que tinha no seu nome e agora espera as orientações do governo cubano na casa de uma amiga brasileira que a acolheu.

"A minha casa tinha problemas, então tive a sorte de ser liberada da multa por quebrar o contrato, mas uma amiga vai ter que pagar o equivalente a três meses de aluguel. É caro e complicado", diz. Para minimizar os custos financeiros aos cooperados, a OPAS antecipou o pagamento do salário aos profissionais que seria feito entre os dias 1 a 5 de dezembro para o dia 20 de novembro. Um comunicado do Governo cubano também determinou que os profissionais só poderão levar 40 quilos de bagagem na aeronave em que retornarão, mas ofereceu como alternativa uma transportadora para levar outros pertences e orientou a venda de alguns bens materiais para evitar perdas financeiras.

Hospedada na casa de uma amiga, Maylobis tenta vender a mobília que havia comprado para o seu apartamento. "Estamos vendendo coisas que tínhamos para o conforto. É dura a realidade", diz. Entre a bagagem com a qual os primeiros médicos cubanos que já retornaram à ilha circulavam pelo aeroporto de Brasília na última quinta-feira, havia muitas caixas de televisores e outros eletrodomésticos menores. "O Brasil ofereceu mais conforto porque as coisas materiais são mais acessíveis, mas na minha casa em Cuba é tudo normal. Lá tem tudo: ducha elétrica, móveis e panelas da cozinha", esclarece Maylobis.

"A minha casa tinha problemas, então tive a sorte de ser liberada da multa por quebrar o contrato, mas uma amiga vai ter que pagar o equivalente a três meses de aluguel. É caro e complicado", diz. Para minimizar os custos financeiros aos cooperados, a OPAS antecipou o pagamento do salário aos profissionais que seria feito entre os dias 1 a 5 de dezembro para o dia 20 de novembro. Um comunicado do Governo cubano também determinou que os profissionais só poderão levar 40 quilos de bagagem na aeronave em que retornarão, mas ofereceu como alternativa uma transportadora para levar outros pertences e orientou a venda de alguns bens materiais para evitar perdas financeiras.

Hospedada na casa de uma amiga, Maylobis tenta vender a mobília que havia comprado para o seu apartamento. "Estamos vendendo coisas que tínhamos para o conforto. É dura a realidade", diz. Entre a bagagem com a qual os primeiros médicos cubanos que já retornaram à ilha circulavam pelo aeroporto de Brasília na última quinta-feira, havia muitas caixas de televisores e outros eletrodomésticos menores. "O Brasil ofereceu mais conforto porque as coisas materiais são mais acessíveis, mas na minha casa em Cuba é tudo normal. Lá tem tudo: ducha elétrica, móveis e panelas da cozinha", esclarece Maylobis.

COMENTÁRIOS

Nome

Brasil,15,Curiosidades,4,Destaques,18,Distrito Federal,6,Mundo,6,Mundo Bizarro,3,Tá Bombando,3,Vídeos,7,
ltr
item
DF POST: Médica cubana: “Vai ficar saudade. Não somos máquinas nem escravos. Somos humanos”
Médica cubana: “Vai ficar saudade. Não somos máquinas nem escravos. Somos humanos”
https://1.bp.blogspot.com/-6nZCjI7j2Xk/XCzIx24dAvI/AAAAAAAAAJg/M7mt7m6zlfMUrTTXhvqM6SG99ULtK2vwACLcBGAs/s1600/1542997700_090799_1542998260_noticia_normal_recorte1.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-6nZCjI7j2Xk/XCzIx24dAvI/AAAAAAAAAJg/M7mt7m6zlfMUrTTXhvqM6SG99ULtK2vwACLcBGAs/s72-c/1542997700_090799_1542998260_noticia_normal_recorte1.jpg
DF POST
http://www.dfpost.com.br/2018/11/medica-cubana-vai-ficar-saudade-nao.html
http://www.dfpost.com.br/
http://www.dfpost.com.br/
http://www.dfpost.com.br/2018/11/medica-cubana-vai-ficar-saudade-nao.html
true
126804279508346984
UTF-8
Carregou todos os posts Não encontrei nenhum post VER TUDO Leia mais Reply Cancel reply Apagar Por Home PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ TAG ARQUIVO BUSCAR TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhum resultado após a sua busca? Voltar pra Home Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para desbloquear Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para sua área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar